29 de agosto de 2012

A minha caridosa contribuição para a campanha de Mitt Romney

Eu desconfio que o staff de Romney não vai achar graça à ideia mas fazem mal. É que, depois do foguetório da Convenção em Tampa e das minhas lágrimas ao ouvir Ann Romney a contar como o marido é bom e bom chefe de família, acho que devia era chegar a hora da verdade e incluir na propaganda da campanha republicana as imagens que encontrei no respectivo site da Ryan Incorporated Central, a muito antiga empresa familiar de que também é dono Paul Ryan, o candidato republicano à vice-Presidência.

24 de agosto de 2012

Desculpem o atraso mas aqui fica a condecoração para Fátima Bonifácio

No passado dia 16, a direitosa historiador Fátima Bonifácio publicou no «Público» um artigo intitulado « A impotência da esquerda radical» que logo de ínicio me pareceu tão parvo e repelente que acabei por o ler só à diagonal.


Hoje, no mesmo jornal, um leitor, de seu nome António Cândido Miguéis vem lembrar e escaqueirar que, no referido artigo, a douta Bonifácio tinha escrito que «a União Soviética colocou um homem na Lua».

Por isso, embora com um lamentável atraso de oito dias, aqui  venho entregar o Grande Colar da Ordem da Verdade a Fátima Bonifácio, deixando escrito que seria inteiramente justo que, daqui para a frente, ela passasse a ombrear com o Prof. Varela Cid, da Faculdade de Ciências de Lisboa, que, na época, ficou célebre por ter dito que a colocação em órbita do Sputnik era uma aldrabice dos «russos» (era assim que os fascistas chamavam aos soviéticos).

Aqui a fotomontagem, produzida pelo KGB com a colaboração da «esquerda radical» que levou Fátima Bonifácio ao engano.


11 de agosto de 2012

Última hora: Soares dos Santos põe escutas nas rolhas das garrafas



beba com moderação antes de 

ir ao Mário Crespo na SIC Notícias

5 de agosto de 2012

Como Rui Bebiano perdeu o (segundo me dizem) maravilhoso Maio de 1974


(suponho que Bebiano não seria do MRPP
 mas será que, apesar disso, estaria tocado
pela célebre definição do 25 de Abril
feita por aquele partido -
«um golpe da oficialagem colonial-fascista
.- ?)